A minha vida na ONG Lar São Francisco

Eu não lembro muito bem o que aconteceu. Mas há 1 ano fui encontrada em meio a um matagal, bem distante de onde hoje é a minha casa. Sentia muita dor, tinha vários ferimentos pelo corpo e meus olhos foram perfurados.

Calma… Eu sei, não é um jeito muito animador de começar uma história, mas foi o que aconteceu comigo. Fiquei uns três dias perdida ali, e tive muito medo, tudo estava tão escuro… Não queria deixar ninguém se aproximar de mim. Porém, fui resgatada e levada a uma clínica veterinária para ser medicada.

Quem me ajudou a sair daquela situação assustadora? Minha tutora Fernanda Aline da Silva, mas pode chamar só de Fernanda. Ela me deu o nome de Vida e uma casa: a ONG Lar São Francisco. Lá, ela cuida não só de mim, mas de outros animais também. Sob os cuidados dela, a minha jornada ganhou um novo sentido.

Mas talvez eu esteja me precipitando um pouco na história. Vamos começar do princípio.

Fernanda é sorocabana e tem 39 anos. Sempre sentiu um carinho especial pelos animais. Por ser filha única, cães e gatos foram seus irmãos e companheiros de infância. Assim como eu, ela acredita que todos nós somos predestinados a algo nessa vida, basta a nós ficarmos atentos para descobrir e saber administrar o dom.

Por causa da sua paixão por animais, sempre esteve envolvida em nos ajudar. Há cerca de 8 anos, ela trabalhava em uma farmácia e conheceu uma pessoa que precisava de ração para o abrigo dele. Na ocasião, apoiou a causa, mas ficou impactada com o que viu. O espaço não era muito adequado e notava-se grande dificuldade em manter o local em boas condições.

Desde aquele dia, Fernanda se envolveu ainda mais com o abrigo, buscando doações, castração para os bichinhos e boa alimentação. Depois de certo tempo, passou a administrar o local, assumindo o comando. A partir dali se iniciou um trabalho árduo, atrás de regularização e registro da ONG, além de todos os cuidados e transparência contínuos para manter o Lar São Francisco em pé e cheio de carinho.

Nossa casa é uma espaçosa chácara. Todos os dias, logo pela manhã, eu e meus amigos fazemos algumas atividades em grupo. Eu, particularmente, gosto de ficar aproveitando o sol e ar fresco. Fernanda me deixa muito à vontade e brinca comigo. Hoje, infelizmente, posso não enxergar, mas não preciso dos meus olhos para sentir, receber e dar amor.

Somos em 80 animais, sendo 14 cadeirantes que realizam constantes atividades para estimulação. Fernanda costuma dizer que nós, animais deficientes, temos algo em especial. Para ela, somos muito alto astral, mesmo com todas as nossas dificuldades, a fazemos olhar a vida de um jeitinho diferente. É curioso saber que às vezes os humanos nos salvam e, ao mesmo tempo, nós os salvamos também.

Algo igualmente curioso: entre nossa família, está a cabra Talita e a porca Vanessa. Devo dizer, ambas fazem sucesso nas redes sociais. Talita brinca até de esconde-esconde, e Vanessa adora dormir até as 10h em um pequeno colchão que encontrou no Lar.

A porquinha, especificamente, chegou aqui há cerca de 4 meses, pesando uns 20kg. Acredite, hoje ela pesa 80kg! Seu jeito preguiçoso é o que mais cativa os humanos quando Fernanda publica algum vídeo dela.

Fernanda dedica praticamente 24 horas do seu dia para a ONG. Junto a colaboradores da organização, realiza outras ações para manter o Lar São Francisco. Depender das doações é muito complicado, principalmente no atual cenário que vivemos.

De terça a sábado, abre o bazar beneficente, onde vende roupas e móveis doados. É uma ótima ideia para não depender unicamente de doações e transformar itens que as pessoas não gostam mais, ou que até jogariam fora, em recurso financeiro. Aliás, o bazar, atualmente, é a principal fonte de renda para os gastos do Lar, incluindo aluguel da chácara, medicação, ração e pagamento dos funcionários.

Fernanda, quando olha para trás, sente orgulho do trabalho feito até aqui e está quase realizada. Seu sonho é conseguir um local próprio para o Lar São Francisco e, quem sabe, montar até uma clínica no espaço para atender e resgatar os animais. Os gastos com veterinário, cirurgias e internações são altos…

Em paralelo, também são feitos rifas, eventos e feiras de adoção com parceiros. Todos da ONG se preocupam com adoções conscientes. Por isso, sempre buscam conhecer a pessoa ou família que levará um de nós para um novo lar, e reforçam sobre as responsabilidades de adotar um animalzinho, seja ele qual for. 

Afinal, também somos vida e necessitamos de cuidados, tais como vacina, alimentação, espaço adequado para brincar e descansar. Em contrapartida, todos os dias, tentamos conquistar os humanos com lambidas, amor e, às vezes, algumas travessuras.

Este é o nosso propósito.

Sobre a ONG Lar São Francisco

O Lar São Francisco é uma entidade civil sem fins lucrativos e sem nenhuma ajuda governamental. Foi fundada em 2013 e desde então preza pelo bem-estar animal.

Atualmente, abriga aproximadamente 80 animais, dentre eles, 14 cadeirantes, que necessitam de atenção especial.

Todos os animais passam por atendimento veterinário, são castrados e encaminhados para lares responsáveis, sendo entregues apenas após entrevista e visita ao local.

O Lar São Francisco sobrevive somente através de doações, rifas, eventos e ajuda de voluntários, além do bazar beneficente e permanente.

Como ajudar

São aceitas doações de roupas, móveis e outros bens que possam ser vendidos no bazar. Também podem ser doadas fraldas (G, EG, RN ou infantil), ração, tapetes higiênicos, produtos de limpeza e doação em dinheiro para custear tratamentos veterinários.

Endereços

Bazar: Rua Major Hermínio de Souza, 29, Jardim dos Estados – Sorocaba (SP). Aberto de terça a sábado, das 13h às 19h.

Lar São Francisco: Rua Francisco Henrique Oliveira, 270, Sorocaba (SP).

Para ajuda financeira

Banco do Brasil

Ag.: 6962-0

C/C 37473-3

Pix

CNPJ: 18.015.624/0001-48

Acompanhe a ONG nas Redes Sociais

Instagram | Facebook

3 replies on “A minha vida na ONG Lar São Francisco”

Amei por saber que tem Fernanda para tomar a frente dessa ajuda incomparável a qualquer outro trabalho
Amo a criação de Deus Jeová
Só Ele para criar animais para nós deleitarmos de prazer e alegria .Grata pir saber de tudo isso

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *